TRANSLATOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

SEGUIDORES

quinta-feira, 22 de julho de 2010

CAPITAIS DOS ESTADOS BRASILEIROS É COISAS DO BRASIL

RIO BRANCO
Capital do Estado do Acre
Rio Branco é um município brasileirocapital do estado do Acre. Localizado no Vale do Acre, na região Norte do Brasil, é o mais populoso município do Estado, com 305.954habitantes, segundo estimativa de 2009[2] ― quase metade da população estadual.
Rio Branco foi também um dos primeiros povoados a surgir nas margens do rio Acre. Em 1913, tornou-se município. Em 1920, capital do território do Acre e, em 1962, capital do estado. O município de Rio Branco é adotante da cultura da faixa prefeital.
É o centro administrativo, econômico e cultural da região.
MACEIO
Capital do Estado de Alagoas
Maceió é a capital do estado brasileiro de Alagoas. Localizada no Nordeste do país, tem uma população de 936.314 habitantes (2008)[2] e um território de, aproximadamente, 511 km². Integra, com outros dez municípios, a Região Metropolitana de Maceió, somando um total de cerca de 1,1 milhão de habitantes[5] (IBGE/2007). Sua altitude média é de sete metros acima do nível do mar, e tem uma temperatura média de 25°C. O município situa-se entre o oceano Atlântico, que o presenteia com as mais belas praias urbanas do Brasil e a lagoa Mundaú, que tem grande importância econômica para os povoados de pescadores que vivem em sua margem. É sede daUniversidade Federal de Alagoas.

MACAPA
Capital do Amapa
Macapá é um município brasileiro, capital do estado do Amapá. Localizada no sudeste do estado, é a única capital estadual que não possui interligação por rodovia a outras capitais. Ademais, é a única cortada pela linha do Equador. Segundo pesquisas feitas pelo IBGE em 2009, a cidade conta com uma população de 366 484 habitantes em uma área de 6 563 km², resultando em uma densidade demográfica de 52,4 hab./km².
É a quinta cidade mais populosa do norte do Brasil, atrás apenas de ManausBelém,Ananindeua e Porto Velho. A cidade vem se destacando da maioria do municípios do Brasil pelo crescimento econômico e populacional bem acima das médias nacionais

MANAUS
Capital do Amazonas
Manaus (pronuncia-se AFI[mɐ̃ˈnaʊ̯s]) é um município brasileirocapital do estado doAmazonas e o principal centro financeirocorporativo e econômico da região norte do Brasil[9]. Situa-se na confluência dos rios Negro e Solimões. É a cidade mais populosa da Amazônia, de acordo com as estatísticas do IBGE, sendo uma das cidades brasileiras mais conhecidas mundialmente, principalmente pelo seu potencial turístico e pelo ecoturismo, sendo o décimo maior destino de turistas no Brasil.[10] Manaus pertence à mesorregião do Centro Amazonense e à microrregião homônima. É localizada no extremo norte do país, a 3.490 quilômetros da capital federal, Brasília.[11]
Fundada em 1669 com o forte de São José do Rio Negro. Foi elevada a vila em 1832com o nome de Manaus, que significa "mãe dos deuses", em homenagem à nação indígena dos Manaós, sendo legalmente transformada em cidade no dia 24 de outubrode 1848 com o nome de Cidade da Barra do Rio Negro. Somente em 4 de setembro de1856 voltou a ter seu nome atual.
Ficou conhecida no começo do século XX, na época áurea da borracha.[10] Nessa época foi batizada como Coração da Amazônia e Cidade da Floresta. Atualmente seu principal motor econômico é o Polo Industrial de Manaus, em grande parte responsável pelo fato de a cidade deter o 7º maior PIB do país, atualmente.[12]
Sexta cidade mais rica do Brasil[13], a cidade possui a segunda maior região metropolitana do norte do país e a décima segunda do Brasil, com 2.006.870 habitantes (IBGE/2009).[3][14] Em Manaus residem atualmente (2009) 1,73 milhão de pessoas, sendo a oitava cidade mais populosa do Brasil de acordo com dados do IBGE. A cidade aumentou gradativamente a sua participação no PIB brasileiro nos últimos anos, passando a responder por 1,4% da economia do país. Uma evidência do desenvolvimento da cidade nos últimos tempos é o ranking da revista América Economía, no qual Manaus aparece como uma das 50 melhores cidades para fazer negócios da América Latina em 2009, ficando à frente de capitais de países como San SalvadorCaracas e La Paz[15]. O crescimento constante de Manaus tentando se estabelecer como uma das cidades mais importantes não foi despercebido. Em 2008, o World Cities Study Group and Network (GaWC), do Reino Unido, incluiu o nome da cidade em uma lista de cidades classificadas por sua economiacultura,acontecimentos políticos e patrimônios históricos. A cidade foi classificada na mesma categoria de outras áreas metropolitanas do mundo de grande destaque, como Ancara,Salt Lake CityGaboroneTashkentMarselha e Durban, sendo que a cidade ficou acima de outras como TijuanaSevilhaLibreville e Halifax.[16]
Abriga a universidade mais antiga do Brasil, a Universidade Federal do Amazonas, fundada em 1909.[17] Representa sozinha 49,9% da população do Amazonas e 10,89% da população de toda a Região Norte do Brasil.
SALVADOR
Capital do Estado da Bahia
Salvador (fundada como São Salvador da Bahia de Todos os Santos[6]) é uma cidadebrasileiracapital do estado da Bahia e primeira capital do Brasil. Os habitantes são chamados de soteropolitanosgentílico criado a partir da tradução do nome da cidade para o gregoSoterópolis, ou seja, "cidade do Salvador", composto de Σωτήρ ("salvador") e πόλις ("cidade").
Situada na microrregião homônima, Salvador é uma metrópole nacional com quase três milhões de habitantes, sendo a cidade mais populosa do Nordeste, a terceira mais populosa do Brasil e a oitava mais populosa da América Latina (superada por São PauloCidade do MéxicoBuenos AiresLimaBogotáRio de Janeiro e Santiago).[7]Sua região metropolitana, conhecida como "Grande Salvador", possui 3 866 004 habitantes (IBGE/2008), o que a torna a mais populosa do Nordeste, quinta do Brasil e 89ª do mundo.[8] É classificada pelo IBGE em comparação com a rede urbana das outras cidades brasileiras como um centro metropolitano nacional. A superfície do município de Salvador é de 706,8 km² (fonte: IBGE), e suas coordenadas, a partir do marco da fundação da cidade, no Fortaleza de Santo Antônio, são 12° 58' 16'' sul e 38° 30' 39'' oeste[2]. Centro econômico do estado, é também porto exportador, centro industrial, administrativo e turístico.
A cidade de Salvador era antigamente chamada de Bahia, inclusive por moradores do próprio estado. Também já recebeu alguns epítetos, como o de "Capital da Alegria", devido aos enormes festejos populares, como o seu carnaval, e "Roma Negra", por ser considerada a metrópole com maior percentual de negros localizada fora da África.
Salvador é também sede de importantes empresas regionais, nacionais e internacionais. Foi em Salvador onde surgiu a Odebrecht, que, em 2008, tornou-se o maiorconglomerado de empresas do ramo da construção civil e petroquímica da América Latina, com várias unidades de negócios em Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo e diversos países do mundo.[9] Além de empresas, a cidade sedia também muitos eventos, organizações e instituições, como a Universidade Federal da Bahia (melhor do Nordeste e a 16º da América Latina[10] e a brasileira que mais melhorou nos últimos dois anos[11]) e a Escola de Administração do Exército Brasileiro


VITORIA
Capital do Estado do Espirito Santos
Vitória é a capital do estado do Espírito Santo, e uma das três ilhas-capitais do Brasil(as outras são Florianópolis e São Luís). Está localizada na Região Sudeste. Situada a 20º19'09' de latitude sul e 40°20'50' de longitude oeste, Vitória limita-se ao norte com o município da Serra, ao sul com Vila Velha, a leste com o Oceano Atlântico e a oeste com Cariacica.
Com uma população de 320.156 habitantes,[2] segundo estimativas de 2009 do IBGE, a cidade é a quarta mais populosa do estado (atrás dos municípios limítrofes de sua região metropolitana: Vila VelhaSerra e Cariacica) e integra uma área geográfica de grande nível de urbanização denominada Região Metropolitana da Grande Vitória, compreendida pelos municípios de Vitória, CariacicaFundãoGuarapariSerraViana eVila Velha.
Vitória é cercada pela Baía de Vitória, é uma ilha de tipo fluviomarinho. Além da ilha principal, Vitória, fazem parte do município outras 34 ilhas (algumas a mais de 1100 km da costa)[carece de fontes] e uma porção continental, perfazendo um total aproximado de 104,960km².[5] Originalmente eram 50 ilhas, muitas das quais foram agregadas por meio de aterro à ilha maior.
Entre as capitais do Brasil, Vitória possui o 3° melhor IDH e o maior PIB per capita.[6]
Vitória possui dois grandes portos, o Porto de Vitória e o Porto de Tubarão. Esses portos fazem parte do maior complexo portuário do Brasil, que inclui vários portos do estado, e são considerados os melhores (em qualidade) do Brasil.
A cidade administra a Ilha de Trindade e a Ilha de Martim Vaz, a 1100 km da costa, que são importantes bases meteorológicas por causa de sua posição estratégica, em área de dispersão de massas de ar.
GOIANA
Capital do Estado de Goias
É a segunda cidade mais populosa do Centro-Oeste do Brasil e se localiza no Planalto Central, a 48 quilômetros de Anápolis e 209 quilômetros a sudoeste da capital federal,Brasília.
A cidade possui 1.281.975 de habitantes,[2] sendo o 13º município mais populoso do Brasil. A Região Metropolitana de Goiânia possui 2.150.097 de habitantes, o que a torna a 11º região metropolitana mais populosa do Brasil.[3]
Assim como algumas outras cidades brasileiras, Goiânia desenvolveu-se a partir de um plano urbanístico, tendo sido construída com o propósito de desempenhar a função de centro político e administrativo do estado de Goiás. Foi fundada em 24 de outubro de1933, absorvendo, em 1937, da cidade de Goiás, a função de capital do estado.




FORTALEZA
Capital do Estado do Ceara
Fortaleza é a capital do estado brasileiro do Ceará. Pertence à mesorregião Metropolitana de Fortaleza e à microrregião de Fortaleza. A cidade desenvolveu-se às margens do riacho Pajeú, no nordeste do país, a 2 285 quilômetros de Brasília. Suatoponímia é uma alusão ao Forte Schoonenborch, construído pelos holandeses durante sua permanência no local entre 1637 e 1654. O lema da cidade (presente em seu brasão) é a palavra em latim "Fortitudine", que em português significa: "força, valor, coragem".
Está localizada no litoral Atlântico, com 34 km de praias, a uma altitude média de 21 metros e é centro de um município de 313,8 km² de área e 2 505 552 habitantes, sendo a capital de maior densidade demográfica do país, com 8 001 hab/km². É a cidade mais populosa do Ceará, a quinta do Brasil[5] e a 91ª mais populosa do mundo.[6] A Região Metropolitana de Fortaleza possui 3.655.259 habitantes,[5][7] sendo a sétima mais populosa do Brasil, e a terceira do Nordeste. Em recente estudo do IBGE, Fortaleza aparece como metrópole da terceira maior rede urbana do Brasil em população.[8] É a quarta cidade do mundo em concentração de renda e desigualdades sociais, tomando como base moradia e educação. Segundo dados do IBGE mais de 900 mil pessoas vivem com menos de R$ 1,50 reais por dia.[carece de fontes]
Fortaleza, tendo o 15º[4] maior PIB municipal da nação e o segundo do Nordeste, com 24,4 bilhões de reais, é um importante centro industrial[9] e comercial do Brasil, com o sétimo[10] maior poder de compra do país. No turismo,[11] a cidade alcançou a marca de destino mais procurado no Brasil em 2004, com atrações como a micareta Fortal no final de julho e o maior[12] parque aquático do Brasil, Beach Park. É sede do Banco do Nordeste, da Companhia Ferroviária do Nordeste e do DNOCS. Em 1996 a cidade ingressou no Mercado Comum de Cidades.
Seu aeroporto é o Aeroporto Internacional Pinto Martins. A BR-116, a mais importante do país, começa em Fortaleza. Batizada de Loira desposada do Sol, pelos versos dopoeta Paula Ney, a cidade é a terra natal dos escritores José de Alencar e Rachel de Queiroz, do humorista Tom Cavalcante e do ex-presidente Castello Branco. O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) é atualmente o principal espaço cultural de Fortaleza, com museus, teatros, cinemas, bibliotecas e planetário.
CUIABA
Capital do Estado do Mato Grosso
Cuiabá é um município brasileiro e a capital do estado brasileiro do Mato Grosso. O município está situado na margem esquerda do rio de mesmo nome e forma umaconurbação com o município de Várzea Grande. Segundo a estimativa realizada para2009 pelo IBGE, a população de Cuiabá é de 550.562 habitantes,[2] enquanto que apopulação da conurbação ultrapassa os 780 mil habitantes; a sua região metropolitanapossui 823.966 habitantes.
Fundada em 1719, ficou praticamente estagnada desde o fim das jazidas de ouro até o início do século XX. Desde então, apresentou um crescimento populacional acima da média nacional, atingindo seu auge nas décadas de 1970 e 1980.
Nos últimos 15 anos, o crescimento diminuiu, acompanhando a queda que ocorreu na maior parte do país. Hoje, além das funções político-administrativas, é o polo industrial, comercial e de serviços do estado. É conhecida como "cidade verde", por causa da grande arborização.
CAMPO GRANDE
Capital de Mato Grosso do Sul
Campo Grande é um município brasileiro da região Centro-Oestecapital do estado deMato Grosso do Sul. Ocupa a 14º posição das maiores áreas urbanas do Brasil. Reduto histórico de divisionistas entre o sul e o norte, Campo Grande foi fundada há mais de 110 anos por colonizadores mineiros, que vieram aproveitar os campos de pastagens nativas e as águas cristalinas da região dos cerrados.
A cidade foi planejada em meio a uma vasta área verde, com ruas e avenidas largas. Relativamente arborizada e com diversos jardins por entre as suas vias, apresenta, ainda nos dias de hoje, forte relação com a cultura indígena e suas raízes históricas. Por causa da cor de sua terra (roxa ou vermelha), recebeu a alcunha de Cidade Morena. A cidade está localizada em uma região de planalto, em que é possível ver os limites da linha do horizonte ao fundo de qualquer paisagem. O aquífero Guarani passa por baixo da cidade[10]
Campo Grande está localizada no centro do estado e equidistante dos extremos norte, sul, leste e oeste de Mato Grosso do Sul, fator que facilitou a construção das primeiras estradas da região, contribuindo para que se tornasse a grande encruzilhada ou polo de desenvolvimento de uma vasta área. É considerado o mais importante centro impulsionador de toda a atividade econômica e social do estado, posicionando-se como o de maior expressão e influência cultural, sendo também o polo mais importante de toda a região do antigo estado, desmembrado em 1977. Em 1950, o município concentrava 16,3% do total das empresas comerciais de Mato Grosso do Sul; em 1980, este número subiu para 24,3% e, em 1997, a 34,85%. Também registrou crescimento populacional acima da média nacional nos anos 196070 e 80. Hoje, a cidade possui dimensões e características próximos aos de uma metrópole, com uma populaçãopróxima de 1 milhão de habitantes, sendo considerada uma das cidades mais desenvolvidas da região Centro-Oeste do Brasil. Segundo pesquisa feita em 2006 pela revista Exame, Campo Grande é a 28ª melhor cidade do Brasil em infraestrutura,[11] fator decisivo na atração de investimentos.
SÃO LUIZ
Capital do Estado do Maranhão
São Luís é um município brasileirocapital do estado do Maranhão, fundada no dia 8 de setembro de 1612. Localiza-se na ilha Upaon-Açu (denominação dada pelos índiostupinambás significando "Ilha Grande"), no Atlântico Sul, entre as baías de São MarcosSão José de Ribamar. De modo semelhante ao que ocorre com Belém do Pará eVitória do Espírito Santo, habitantes de outros Estados brasileiros certas vezes se referem à cidade como São Luís do Maranhão. Quando em 1621 o Brasil foi dividido em duas unidades administrativas - Estado do Maranhão e Estado do Brasil - São Luís foi a capital da primeira unidade administrativa. sendo que em 1737 com a criação do Estado do Grão-Pará e Maranhão, Belém passa a ser a nova capital.
É a principal cidade da Região Metropolitana Grande São Luís e possui 997.098 habitantes,[2], sendo a 16ª cidade mais populosa do Brasil. São Luís é a única cidade brasileira fundada pelos franceses (ver França Equinocial), e é uma das três capitais brasileiras localizadas em ilhas (as outras são Florianópolis e Vitória).
De acordo com dados do IBGE possui o 12º maior parque industrial entre as 27 capitais do Brasil.[5] É considerada também em pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) uma das melhores cidades para se trabalhar no Brasil.[6][7] São Luís é a quarta maior cidade da Região Nordeste e a 13ª maior capital brasileira.
É rica em manifestações culturais, como: o bumba-meu-boitambor de crioulacacuriá,dança portuguesaquadrilhas juninasreggae e outras. Possui o maior conjunto arquitetônico de azulejos portugueses da América Latina,[carece de fontes] e uma culinária peculiar da cidade, com pratos como o cuxá, o arroz de cuxá, o peixe frito e a famosatorta de camarão. A cidade possui uma vida noturna muito movimentada, com bares, restaurantes, clubes de festas, teatros, cinemas e muitos shows de artistas locais, nacionais e internacionais.
BELO HORIZONTE
Capital do Estado de Minas Gerais
Belo Horizonte (pron. [bɛloɾiˈzõtʃi][7]) é um município brasileirocapital do estado deMinas Gerais.
Cercada pela Serra do Curral, que lhe serve de moldura natural e referência histórica, foi planejada e construída para ser a capital política e administrativa do estado mineiro sob influência das ideias do positivismo, num momento de forte apelo da ideologiarepublicana no país.[8]
De acordo com estimativas de 2009, sua população é de 2 452 617 habitantes,[2] sendoa sexta cidade mais populosa do país. Belo Horizonte já foi indicada pelo Population Crisis Commitee, da ONU, como a metrópole com melhor qualidade de vida na América Latina e a 45ª entre as 100 melhores cidades do mundo.[9]
A cidade tem o quarto maior PIB entre os municípios brasileiros,[10] representando 1,38% do total das riquezas produzidas no país.[11] Uma evidência do desenvolvimento da cidade nos últimos tempos é o ranking da revista América Economía, no qual Belo Horizonte aparece como uma das 10 melhores cidades para fazer negócios da América Latina em 2009, segunda do Brasil e à frente de cidades como Rio de JaneiroBrasília eCuritiba.[12]
Região Metropolitana de Belo Horizonte, formada por 34 municípios, possui uma população estimada em 5.397.438 habitantes,[13][14] sendo a terceira maior aglomeração populacional brasileira, sétima da América Latina e 62º maior domundo.[15]
Belo Horizonte é uma das 12 cidades brasileiras que serão sede dos jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014,[16] e uma das subsedes dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016.[17]
BELEM
Capital do Estado do Para
Belém, ou Belém do Pará, é um município brasileiro, capital do estado do Pará. É considerada a maior cidade na linha do Equador[4], a segunda cidade mais populosa daregião Norte e principal cidade da maior região metropolitana da Amazônia. Com população estimada em 1.437.600 (IBGE/2009)[1], é conhecida como "Metrópole da Amazônia". Assemelhando-se a uma península, cercada por água, áreas militares e de proteção ambiental, teve pouco espaço para expansão, ocasionando conurbação com municípios próximos dando origem à Grande Belém, que tem população estimada em 2,1 milhões de habitantes. Belém possui o maior IDH entre as capitais nortistas[5].
Pela abundância de mangueiras em suas ruas, é popularmente chamada de "Cidade das Mangueiras". Denominada também de "Cidade Morena", característica herdada da miscigenação do povo português com os índios Tupinambás, nativos habitantes da região à época da fundação.
Historicamente, constituiu-se na principal via de entrada na região norte do Brasil, tendo uma posição geográfica privilegiada às margens do rio Guamá, próximo à foz do rio Amazonas. Abriga o moderno Aeroporto Internacional de Val de Cans. Com sua localização no extremo Norte da malha rodoviária brasileira BR-316 (Nordeste), BR-010(Belém-Brasília) e PA-150 (Alça Viária), Belém pode ser facilmente alcançada pelas vias terrestre, aérea e fluvial, sendo uma das principais entradas para toda a região norte.
Há 200 anos, a corte portuguesa embarcava em direção ao Brasil, numa viagem que mudaria completamente o rumo da história brasileira. A família real foi para o Rio de Janeiro, mas na região norte, outra cidade se preparou para ser a capital do reino: Belém do Pará, que virou a Capital das Especiarias. No século XX, na década de 1970, a imigração japonesa fez do Pará um dos maiores exportadores mundiais da pimenta do reino, a mais nobre das especiarias da Índia. O Pará hoje é o maior produtor de pimenta do reino do Brasil.[6][7]
Em seus quase 400 anos de história, Belém vivenciou momentos de plenitude, entre os quais o período áureo da borracha, no início do século XX, quando o município recebeu inúmeras famílias europeias, o que veio a influenciar grandemente a arquitetura de suas edificações, ficando conhecida na época como Paris n'América. Hoje, apesar de ser cosmopolita e moderna em vários aspectos, Belém não perdeu o ar tradicional das fachadas dos casarões, das igrejas e capelas do período colonial.
JOÃO PESSOA
Capital do Estado da Paraiba
João Pessoa é um município brasileirocapital e cidade mais populosa do estado daParaíba. É conhecida como "Porta do Sol", devido ao fato de no município estar localizada a Ponta do Seixas, que é o ponto mais oriental das Américas.
Fundada em 1585 com o nome de Nossa Senhora das Neves, João Pessoa é a terceira capital de estado mais antiga do Brasil e também a última a ser fundada no país noséculo XVI. A cidade é também notável pelo clima tropical, por ser a maior em economia (indústrias, comércio e serviços) e arrecadação de impostos para o estado, pelas suaspraias e pelos vários monumentos de arquitetura e arte barroca.
Durante a ECO-92, a conferência da ONU sobre o meio ambiente, João Pessoa recebeu o título de segunda cidade mais verde do mundo. Segundo um cálculo baseado na relação entre número de habitantes e área verde, a cidade perderia apenas paraParis.[10]
Como de costume, João Pessoa é uma cidade muito limpa, tranquila e organizada, agradando assim os turistas e os próprios moradores da cidade.
Com o Coeficiente de Gini de 0,63, João Pessoa é considerada a capital com a menor desigualdade social do Nordeste e uma das menos desiguais do Brasil, além de ser a 2ª capital com melhor qualidade de vida do Norte-Nordeste.
CURITIBA
Capital do Estado do Parana
Curitiba é uma cidade brasileiracapital do estado do Paraná, localizada a 945 metros de altitude no primeiro planalto paranaense,[6] a aproximadamente 110 quilômetros doOceano Atlântico.[7] Em 2007, segundo a revista norte-americana Reader's Digest, era a cidade com melhor qualidade de vida do Brasil.[8] É a sétima cidade mais populosa do Brasil e a maior do sul do país, com uma população de 1.851.215 habitantes.[3] É a cidade principal da Região Metropolitana de Curitiba, formada por 26 municípios e que possui 3.172.357 habitantes[3][9] sobre uma área de 15.447 km²,[10] o que a torna aoitava região metropolitana mais populosa do Brasil.[11]
Fundada em 1693, a partir de um pequeno povoado bandeirante, Curitiba se tornou uma importante parada comercial com a abertura da estrada tropeira entre Sorocaba eViamão.[12] Em 1853 tornou-se a capital da recém-emancipada província do Paraná e desde então a cidade, conhecida pelas suas ruas largas,[13] manteve um ritmo de crescimento urbano fortalecido pela chegada de uma grande quantidade de imigrantes europeus ao longo do século XIX, na maioria alemãespolonesesucranianos eitalianos,[14] que contribuíram para a diversidade cultural que permanece até hoje. A cidade experimentou diversos planos urbanísticos e legislações que visavam conter seu crescimento descontrolado e que a levaram a ficar famosa internacionalmente pelas suas inovações urbanísticas e o cuidado com o meio ambiente.[15] A maior delas foi notransporte público,[16][17][18] cujo sistema inspirou o TransMilenio, sistema de transporte de Bogotá, na Colômbia. Hoje, a cidade tem um senso de vida cosmopolita, é considerada a capital com melhor qualidade de vida do Brasil,[19] com um polo industrial diversificado que lhe dá o posto de quinta maior economia do Brasil,[5] sendo considerada umas das cinco melhores cidades para se investir na América Latina.[20]
Curitiba também tem altos índices de educação. Tem o menor índice de analfabetismo e a melhor qualidade na educação básica entre as capitais,[19][21]. O Índice Mastercard de Mercados Emergentes 2008, criado com a intenção de avaliar e comparar o desempenho das cidades em diferentes funções que interligam os mercados e ocomércio no mundo inteiro, indicou Curitiba na 49ª colocação entre as cidades com maior influência global.[22] Curitiba também foi citada em uma recente pesquisa publicada pela revista Forbes, como a 3º cidade mais "esperta" do mundo, que considera esperta a cidade que se preocupa, de forma conjunta, em ser ecologicamente sustentável, com qualidade de vida, boa infraestrutura e dinamismo econômico
RECIFE
Capital do Estado de Pernembuco
Recife é um município brasileirocapital do estado de Pernambuco. Localizado às margens do oceano Atlântico, o município possui uma área de 217,494 km² e uma população de 1.561.659 de pessoas. É a sede da área metropolitana que leva seu nome: a Região Metropolitana do Recife, com 3,73 milhões de habitantes.[2][5] É classificada pelo IBGE como uma metrópole nacional.[6] Em recente estudo do instituto, o Recife aparece como metrópole da quarta maior rede urbana do Brasil em população.[7] O Recife, das capitais estaduais atuais, é a mais antiga do Brasil.
Desempenha um forte papel de centralizador econômico em seu estado e região, com uma área de influência que abrange inclusive outras capitais, como João Pessoa,MaceióNatal e Aracaju. Sua área metropolitana inclui, além da capital pernambucana, mais 14 cidades do Grande Recife, concentrando 65% do PIB estadual.
Destaca-se por possuir o mais importante pólo médico do Norte/Nordeste; um grande pólo tecnológico, o Porto Digital, que abriga várias empresas multinacionais; uma forte indústria de construção civil: a cidade detém grande número de arranha-céus em comparação a outras capitais do país.
Com um grande potencial turístico[8] e forte vocação para o turismo de negócios,[9]frequentemente é escolhida como sede de diversos eventos, como simpósios, jornadas e congressos. O Aeroporto Internacional do Recife é o maior da região em capacidade anual de passageiros e está entre os mais modernos do país, tendo sido eleito um dos 5 melhores aeroportos do mundo pelas companhias de aviação.[10] Em seu sistema de transporte público, conta com uma frota de 4.600 ônibus, que transportam 1,7 milhão de passageiros por dia e um eficiente sistema de Metrô, onde embarcam 210 mil pessoas diariamente.
O nome "Recife" provém da palavra arrecife, grande barreira rochosa de arenito (recifes) que se estende por toda a sua costa, formando piscinas naturais.
Geralmente, o nome do município dentro de frases é acompanhado de artigo masculino, como acontece com os municípios do Rio de Janeiro, do Crato, do Cabo de Santo Agostinho e outros. A esse respeito, muitos intelectuais recifenses e pernambucanos já se pronunciaram, entre eles Gilberto Freyre, em seu livro O Recife, sim! Recife, não!, em 1960.[11] Sobre o tema se pronunciou o historiador pernambucano José Antônio Gonçalves de Melo: "Porque se originou de um acidente geográfico - o recife ou o arrecife - a designação do Recife não prescinde do artigo definido masculino: O Recife e nunca Recife."[12]
Por outro lado, o gramático Napoleão Mendes de Almeida afirma em longo arrazoado que não se deve usar o artigo definido para fazer referência à cidade, mas apenas ao bairro homônimo: "o bairro do Recife na cidade de Recife.
TEREZINA
Capital do Estado do Piaui
Teresina é a capital e o município mais populoso do estado brasileiro do Piauí. Localiza-se no Centro-Norte Piauiense a 366 quilômetros do litoral, sendo, por tanto, a única capital da Região Nordeste que não se localiza as margens do Oceano Atlântico[6]É a 22ª maior cidade do Brasil, com 802 537 habitantes[3]. Está conurbadacom o município maranhense de Timon e, juntos, aglomeram cerca de 953 172 habitantes, e toda a Região Metropolitana da Grande Teresina aglomera mais de 1 135 920 habitantes. A única barreira natural que separa Teresina de Timon é o Rio Parnaíba, o maior rio totalmente nordestino[carece de fontes]. A cidade representa cerca de 25% da população piauiense e cerca 45% de sua economia, sendo sua região metropolitana 60% do PIB do Piauí[carece de fontes].
É a melhor capital do interior do Brasil para se investir.A cidade é a terceira onde mais acontecem seqüências de descargas elétricas no mundo[7]. Por esta razão, a região recebe a curiosa denominação de "Chapada do Corisco". Destaca-se como um pólo de medicina, recebendo pacientes de vários estados do Nordeste[carece de fontes], e por ser a primeira capital planejada do Brasil[8]. Segundo o IPEA, é a terceira capital mais segura do Brasil (perdendo apenas para Natal/RN e Palmas/TO).[9]
Seu lema é a frase "Omnia in Charitate", que significa, em português, "Tudo pela caridade". A cidade é a terra natal de Torquato Neto, poeta do Tropicalismo, e Carlos Castelo Branco, colunista político do Jornal do Brasil.
NATAL
Capital do Estado do Rio Grande do Norte

Natal é um município brasileirocapital do estado do Rio Grande do Norte, pertencente à Região Metropolitana de Natal, à microrregião de Natal, à mesorregião do Leste Potiguar e ao Polo Costa das Dunas. A cidade nasceu às margens do rio Potengi e doForte dos Reis Magos,[9] no extremo-nordeste do Brasil, numa região chamada "esquina do continente", distante 2.507 quilômetros de Brasília.[10] É conhecida como a "Cidade do Sol" ou "Noiva do Sol" por ser uma das localidades com o maior número de dias desol no Brasil, chegando a aproximadamente trezentos.[11] Também a chamam de"Capital Espacial do Brasil" devido às operações da primeira base de foguetes daAmérica do Sul, o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno no município limítrofe deParnamirim.[12]
Capital menos violenta do Brasil,[13][14][15] décima-quarta cidade mais segura do Brasil[13] e terceira capital com melhor qualidade de vida do Norte-Nordeste,[16] é avigésima-primeira cidade mais populosa do país, detendo em 2009 uma população de 806.203 habitantes (ou 1.312.123, contando a região metropolitana[2]). Deve-se observar que há áreas conurbadas à cidade, porém pertencentes aos municípios vizinhos, como Nova Parnamirim, com aproximadamente 50 mil habitantes, que é uma extensão da zona sul da cidade, dentro do município vizinho de Parnamirim, e outras áreas do aglomerado urbano da metrópole. Atualmente a cidade cresce num ritmo alucinante, contando, só na Zona Norte, com uma população de cerca de 300 mil habitantes.[17]Atrai aproximadamente 2 milhões de turistas ao ano[18] por contar com muitas praias e belezas naturais e também por sediar a maior micareta do país,[19] o Carnatal, o que faz com que a cidade se configure como a oitava cidade mais visitada por turistas do Brasil (dado de 2005[20]) e a mais visitada por portugueses.[21] O município foi eleito pela Aviesp (Associação das Agências de Viagens Independentes do Estado de São Paulo) como o melhor destino turístico do Brasil em 2007,[22] e também é uma das cidades com o maior número de leitos turísticos do Brasil, sendo aproximadamente 28 mil..[23]
Historicamente, a cidade teve grande importância durante a Segunda Guerra Mundial em1942 durante a Operação Tocha, já que os aviões da base aliada americana se abasteciam com combustível no lugar que hoje é o Aeroporto Internacional Augusto Severo, sendo classificada como "um dos quatro pontos mais estratégicos do mundo" pelo Departamento de Guerra dos EUA, junto com SuezGibraltar e Bósforo.[24] Natal é a segunda menor capital do país em área territorial[25] e, por isso, possui uma das mais altas densidades demograficas do país.[26]
É o trigésimo-sexto maior PIB municipal da nação, sendo que sua economia não se resume só no turismo, mas também no comércio, indústria e construção civil, tanto que foi eleita a quarta melhor cidade do Nordeste para se trabalhar[27] e a capital do Nordeste em que se paga melhor a um trabalhador em um emprego formal no Nordeste do Brasil, tendo também o quinto maior poder de compra por parte da população noBrasil.[28] É terra do folclorista Luís da Câmara Cascudo e do poeta Ferreira Itajubá, possuindo monumentos históricos como o Teatro Alberto Maranhão e a Coluna Capitolina Del Pretti, ambos no Centro Histórico de Natal, além de outras atrações como a Ponte Newton Navarro, o maior cajueiro do mundo, o Parque da Cidade e praias como Ponta NegraGenipabu e Pipa.
É a capital brasileira mais próxima do continente europeu,[24] estando situada numa espécie de triângulo natural com um vértice para o norte, que é banhado de um lado pelo Rio Potengi e de outro pelo Oceano Atlântico, recebendo ventos constantes, condição que lhe concedeu o título, segundo a NASA, de cidade detentora do ar mais puro e renovável do continente sul-americano.[29] Está localizada no litoral do estado, numa região essencialmente cercada de dunas, com uma altitude média de trinta e três metros acima do nível do mar.[30]
PORTO ALEGRE
Capital do Estado do Rio Grande do Sul
Porto Alegre é um município brasileiro e a capital do estado mais meridional do Brasil, o Rio Grande do Sul. Pertence à mesorregião metropolitana de Porto Alegre e àmicrorregião de Porto Alegre e localiza-se junto ao rio Guaíba, distando 2027quilômetros de Brasília.
A cidade constituiu-se a partir da chegada de casais portugueses açorianos, na primeira metade do século XVIII. No século XIX contou com o influxo de muitos imigrantesalemães e italianos. Também recebeu imigrantes árabes e poloneses.
Em 2001, a cidade apresentou o melhor índice de desenvolvimento humano e o terceiro melhor Índice de Condições de Vida (ICV), entre doze capitais brasileiras.[5] É também a capital da Região Sul com a maior renda per capita.
Em junho de 2009, dentre as seis principais regiões metropolitanas pesquisadas peloIPEA, (RecifeSalvadorBelo HorizonteRio de JaneiroSão Paulo e Porto Alegre), a Região Metropolitana de Porto Alegre foi a que apresentou o menor número de habitantes em condição pobreza (25,7%) e a menor desigualdade (concentração de renda): o índice de Gini ficou em 0,493. Na mesma época, segundo o IBGE, a Região Metropolitana de Porto Alegre também apresentou o menor índice de desemprego, dentre as seis regiões pesquisadas (5,8%).[6][7]
Porto Alegre é a maior região metropolitana do sul do Brasil, a quarta mais populosa do país, com 4.064.186 habitantes(IBGE/2009)[2], e a terceira mais rica, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. A cidade de Porto Alegre, com 1.436.123 residentes em2009, foi a décima primeira cidade mais populosa do Brasil, segundo estimativas doIBGE.[2]
Em 2004, foi a única cidade brasileira incluída entre as 24 cidades com maior potencial para atrair investimentos no mundo - segundo a consultoria britânica Jones Lang LaSalle.[8]
A capital gaúcha é também um importante polo educacional, atraindo estudantes não só da região Sul mas de outras regiões do Brasil e de países do Mercosul. Em 2008, aUFRGS foi incluída entre as 500 melhores universidades do mundo.[9]
Segundo a ICCA (International Congress and Convention Association), foi uma das cidades brasileiras que mais sediaram eventos internacionais em 2007.[10] Desde 2001, a cidade ganhou reconhecimento internacional ao sediar a primeira edição do Fórum Social Mundial, evento agora itinerante, que discute as questões sociais do mundo sob a perspectiva da esquerda política. Também nos anos de 200220032005 e 2010, o Fórum realizou-se em Porto Alegre.[11]
Foi escolhida como uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. O anúncio foi feito em 31 de maio de 2009, em Nassau (Bahamas). Em virtude dos jogos, está prevista a realização de diversas obras, como a duplicação de avenidas e a ampliação do metrô.[12]
RIO DE JANEIRO
Capital do Estado do Rio de Janeiro
Rio de Janeirocapital do estado homônimo, é a segunda maior metrópole doBrasil, situada no Sudeste do paísCidade brasileira mais conhecida no exterior,[6][7]maior rota do turismo internacional no Brasil[8] e principal destino turístico na América Latina e em todo Hemisfério Sul,[8] a capital fluminense funciona como um "espelho", ou "retrato" nacional, seja positiva ou negativamente.
É um dos principais centros econômicos, culturais e financeiros do país, sendo internacionalmente conhecida por diversos ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, a estátua do Cristo Redentor (uma das sete maravilhas do mundo moderno), as praias dos bairros de CopacabanaIpanema e Barra da Tijuca (entre outros), oEstádio do Maracanã, o Estádio Olímpico João Havelange, a floresta da Tijuca, a Quinta da Boa Vista, a ilha de Paquetá, o Réveillon de Copacabana e o Carnaval.
Representa o segundo maior PIB do país[9] (e o 30º maior do mundo[10]), estimado em cerca de 140 bilhões de reais (IBGE/2007),[5] e é sede das duas maiores empresasbrasileiras - a Petrobras e a Vale, e das principais companhias de petróleo e telefonia do Brasil, além do maior conglomerado de empresas de mídia e comunicações da América Latina, as Organizações Globo.[11] Contemplado por grande número de universidades einstitutos, é o segundo maior polo de pesquisa e desenvolvimento do Brasil, responsável por 17% da produção científica nacional - segundo dados de 2005.[12] Rio de Janeiro é considerada uma cidade global beta pelo inventário de 2008 da Universidade de Loughborough (GaWC).
Foi capital do Brasil Colônia a partir de 1763, capital do Império Português na época das invasões de Napoleão, capital do Império do Brasil, e capital da República até a inauguração de Brasília, na década de 1960. É também conhecida por Cidade Maravilhosa, e aquele que nela nasce é chamado de carioca.
FLORIANOPOLIS
Capital do Estado de Santa Catarina
Florianópolis é a capital do estado de Santa Catarina e uma das três ilhas-capitais do Brasil. Destaca-se por ser a capital brasileira com o melhor índice de desenvolvimento humano (IDH), da ordem de 0,875, segundo relatório divulgado pela ONU em 2000. Esse índice também a torna a quarta cidade brasileira com a melhor qualidade de vida, atrás apenas das cidades de São Caetano do Sul e Águas de São Pedro, no estado de São Paulo e Niterói (RJ).[5]
Localiza-se no centro-leste do estado de Santa Catarina e é banhada pelo Oceano Atlântico. Grande parte de Florianópolis (97,23%) está situada na Ilha de Santa Catarina, possuindo cerca de 100 praias, consideradas também as continentais.
Possui, segundo o IBGE no ano de 2009, uma população de 408.161 habitantes, sendo o segundo município mais populoso do estado, atrás apenas de Joinville.
A imagem "cartão-postal" que a identifica é a famosa Ponte Hercílio Luz (inaugurada em1926), primeira ligação rodoviária entre a ilha e o continente.
SÃO PAULO
Capital do Estado de São Paulo
São Paulo (pronuncia - se AFI[sɐ̃w̃ ˈpawlu] link=. ouça) é um município brasileirocapitaldo estado de São Paulo e principal centro financeirocorporativo e mercantil da América Latina.[5] Maior cidade do Brasil, das Américas e de todo o hemisfério Sul,[6] São Paulo é a cidade brasileira mais influente no cenário global, sendo considerada a 14ª cidade mais globalizada do planeta,[5] recebendo a classificação de cidade global alfa, por parte do Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC).[7]
A cidade é mundialmente conhecida e exerce significativa influência nacional e internacional, seja do ponto de vista culturaleconômico ou político. Conta com importantes monumentosparques e museus, como o Memorial da América Latina, oMuseu da Língua Portuguesa, o MASP, o Parque Ibirapuera, o Jardim Botânico de São Paulo e a avenida Paulista, e eventos de grande repercussão, como a Bienal Internacional de Arte, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1São Paulo Fashion Week e a São Paulo Indy 300.
Décima cidade mais rica do mundo,[8] o município representa, isoladamente, 12,26% de todo o PIB brasileiro[9] e 36% de toda a produção de bens e serviços do estado de São Paulo, sendo sede de 63% das multinacionais estabelecidas no Brasil,[10] além de ter sido responsável por 28% de toda a produção científica nacional em 2005.[11]
São Paulo é a sexta maior cidade do planeta e sua região metropolitana, com 19 223 897 habitantes,[12] é a sexta maior aglomeração urbana do mundo.[13] Regiões muito próximas a São Paulo são também regiões metropolitanas do estado, comoCampinas e Baixada Santista; outras cidades próximas compreendem aglomerações urbanas em processo de conurbação, como São José dos CamposSorocaba e Jundiaí. A população total dessas áreas somada à da capital – o chamado Complexo Metropolitano Expandido – ultrapassa 29 milhões de habitantes, aproximadamente 75%da população do estado inteiro. As regiões metropolitanas de Campinas e de São Paulo já formam a primeira macrometrópole do hemisfério sul, unindo 65 municípios que juntos abrigam 12% da população brasileira.[14]
lema da cidade, presente em seu brasão oficial, é constituído pela frase em latim"Non ducor, duco", cujo significado em português é "Não sou conduzido, conduzo
ARACAJU
Capital do Estado de Sergipe
Aracaju é um município brasileiro e capital do estado de Sergipe. Localiza-se no litoral, sendo cortada por rios como o Sergipe e o Poxim. De acordo com a estimativarealizada, a cidade conta com 570.039 habitantes.[2] Somando-se as populações dos municípios que formam a Grande AracajuNossa Senhora do SocorroBarra dos CoqueirosLaranjeiras e São Cristóvão, o número passa para 800 mil habitantes. A cidade é apontada como a capital com os hábitos de vida mais saudáveis do País, segundo o Ministério da Saúde. O topônimo "Aracaju" deriva da expressão indígena "aráacaiú", que em tupi-guarani significa "cajueiro dos papagaios". O elemento "ará" significa "Papagaio" e "acaiú", "fruto do cajueiro"

PORTO VELHO
Capital do Estado de Rondonia
Porto Velho é a capital e o maior município, tanto em extensão territorial quanto em população, do Estado de Rondônia. Com uma área de 34.068,50 km², o município é maior que os estados de Sergipe e Alagoas. Contudo, sua população é de 382.829 habitantes,[2] sendo a 3ª maior capital da região Norte (superada apenas pelas cidades de Manaus e Belém), a 22ª capital do Brasil e a 57ª cidade mais populosa do Brasil. Localiza-se à margem direita do rio Madeira, o maior afluente da margem direita do Rio Amazonas.

BOA VISTA
Capital do Estado de Roraima
Boa Vista é a capital e o município mais populoso do estado brasileiro de Roraima. Concentrando aproximadamente dois terços dos roraimenses, situa-se na margemdireita do rio Branco. É a única capital brasileira localizada totalmente ao norte da linha do Equador.
Moderna, a cidade destaca-se entre as capitais da Amazônia pelo traçado urbanoorganizado de forma radial, planejado no período entre 1944 e 1946 pelo engenheiro civilDarcy Aleixo Derenusson, lembrando um leque, em alusão às ruas de Paris, na França. Foi construído no governo do capitão Ene Garcez, o primeiro governador do entãoTerritório Federal do Rio Branco. As principais avenidas do Centro da cidade convergem para a Praça do Centro Cívico Joaquim Nabuco, onde se concentram as sedes dos três poderes — LegislativoJudiciário e Executivo. Além de pontos culturais (teatros epalácios), hotéisbancoscorreios e catedrais religiosas.
É uma cidade tipicamente administrativa e concentra todos os serviços estaduais
PALMAS
Capital do Estado de Tocantins
Palmas é um município brasileiro, sendo a capital e também a maior cidade do estadodo Tocantins. A cidade foi fundada em 20 de maio de 1989, logo após a criação do Tocantins pela Constituição de 1988. Antes desta data, Palmas foi planejada inicialmente pelos arquitetos Luiz Fernando Cruvinel Teixeira e Walfredo Antunes de Oliveira Filho, sendo que a partir daí, a cidade começou a ser construída pelos trabalhadores que vieram do interior do Tocantins e de vários outros estados do país. Entretanto, somente a partir do dia 1° de janeiro de 1990, é que Palmas passou a ser a capital definitiva do estado, já que antes a cidade ainda não possuia condições físicas de sediar o governo estadual, que estava alocado temporariamente no município vizinho de Miracema do Tocantins.
Após vinte anos, a população chega aos duzentos mil habitantes. Setenta por cento das quadras habitadas já estão pavimentadas. O mesmo ocorrendo com saneamento básico e água tratada que chega a 98% da população.
De um modo geral a cidade é caracterizada pelo seu planejamento, pois foi criada quase na mesma forma de Brasília, com a preservação de áreas ambientais, boas praças, hospitais e escolas.
Segunda capital mais segura do Brasil (superada apenas por Natal),[5] é também, a última cidade do século XX completamente planejada,[6] já que a cidade nasceu e foi projetada desde o ínicio para ser a capital do estado do Tocantins, sendo também a mais nova capital estadual do país.[6]
O crescimento de Palmas foi demasiado grande durante a década de 1990, para se ter uma ideia, em 1991 a cidade tinha uma população de 24.261 habitantes. No ano de2000, a cidade já contava com 130.528 habitantes. Sua urbanização também cresceu nos últimos anos. Apesar de uma desaceleração, Palmas tem um crescimento econômico de 8,7%, maior do que o índice nacional e do Tocantins.
Eis as capitais dos estados brasileiros, para conhece-las melhor acesse os link´s que são as palavras na cor azul.
Origem: Wikipedia a Enciclopedia Livre.

3 comentários:

  1. Ola Melissa Regina:
    Não inclui Brasilia porque é a Capital da Republica, mas tenho varias postagens sobre Brasilia, é só escrever Brasilia no quadro pesquisar este blog e voce acessara e verá Brasilia.
    Muito obrigado pela visita, volte mais vezes com criticas, mensagens, sugestões, etc. Aguardo novo visita.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. AMMMMMMMMMMMMMMMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII.............................

    ResponderExcluir