TRANSLATOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

SEGUIDORES

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

JOÃO PESSOA PARAIBA ONDE O SOL NASCE PRIMEIRO É COISA DO BRASIL

Ficheiro:JP Panoramic View.jpg










Ficheiro:Picaozinho.jpg

Ficheiro:João-Pessoa-Praia-Manaíra-Bessa.jpg

Ficheiro:Av RuiCarneiro ManaíraGeo000 4175-2.jpg

Ficheiro:JoaoPessoa RioSanhaua.JPG

Ficheiro:Jp-praia.JPG

João Pessoa é considerada a "segunda capital mais verde do mundo", com mais de 7 m² de floresta por habitante, perdendo somente para ParisFrança. Esse título de distinção lhe foi dado em 1992, durante a ECO-92.[carece de fontes]
João Pessoa possui, dentro da cidade, duas grandes reservas de Mata Atlântica, que funcionam como verdadeiros pulmões, além de mitigar o avanço da poluição. A primeira delas fica no bairro central do Róger e denomina-se Parque Arruda Câmara (ou "Bica", como é popularmente conhecida, devido à presença da Fonte Tambiá no local). Um misto de jardim zoológico e reserva florestal, a Bica possui exemplares da fauna e flora brasileiras, assim como animais de outros continentes. A outra reserva florestal importante é a Mata do Buraquinho, da qual uma parte foi recentemente transformada em Jardim Botânico. Com cerca de 515 hectares de mata virgem, cortada por riachos e fontes naturais, fica situada num dos maiores reservatórios que abasteciam a cidade. A Mata do Buraquinho umidifica o clima de João Pessoa e mantém sua temperatura mais estável e branda, mesmo no verão. A mata é preservada e cercada com intuito de proteção contra depredação, servindo como local de estudo para pesquisadores que se preocupam com a preservação da qualidade do meio ambiente. No entanto, são visíveis as invasões às margens da reserva Mata do Buraquinho. Podem ser constatados casos de invasão de território de preservação e desmatamento (favela Paulo Afonso), além da criação de comércios clandestinos, como a conhecida "Sucata do Italiano", no bairro de Jaguaribe. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário