TRANSLATOR

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

SEGUIDORES

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

CAMPINA GRANDE - PARAIBA O QUE TEM DE BOM A GENTE MOSTRA EM COISAS DO BRASIL









Clique na foto para ampliar
Campina Grande é um município brasileiro situado no estado da Paraíba.
Considerada um dos principais polos industriais da Região Nordeste[7] e o maior pólo tecnológico da América Latina, segundo a revista norte americana Newsweek[8]. Campina Grande foi fundada em 1º de dezembro de 1697, tendo sido elevada à categoria de cidade em 11 de outubro de 1864.
cidade possui uma agenda cultural variada, destacando-se os festejos de São João, que acontecem durante todo o mês de junho , a Micarande, um dos mais tradicionais carnavais fora de época do país, o Encontro da Nova Consciência, um encontro ecumênico realizado durante o carnaval, além do Festival de Inverno e outros 20 eventos.
De acordo com estimativas de 2010, sua população é de 385 276 habitantes, sendo a segunda cidade mais populosa da Paraíba, depois da capital. Campina Grande foi indicada pelo jornal a Gazeta Mercantil, como a cidade mais dinâmica do nordeste e 6ª cidade mais dinâmica do Brasil.
A cidade tem o segundo maior PIB entre os municípios paraíbanos, representando 13,63% do total das riquezas produzidas na Paraíba. Uma evidência do desenvolvimento da cidade nos últimos tempos é o ranking da revista Você S/A, no qual Campina Grande aparece como uma das 10 melhores cidades para se trabalhar e fazer carreira do Brasil, única cidade do interior entre as capitais escolhidas no país.[9]
Sua região metropolitana, formada por 23 municípios, possui uma população estimada em 687.545 habitantes, sendo a maior zona metropolitana do interior nordestino, quarta maior zona metropolitana do interior brasileiro, 24ª maior do Brasil e 787º maior do mundo[10].
Campina Grande também é conhecida como cidade universitária, pois conta com 16universidades, sendo três delas públicas. É comum estudantes do Nordeste e de todo oBrasil virem morar no município para estudar nas universidades locais. Além de ensino superior, o município oferece capacitação para o nível médio e técnico.

História

A urbanização do município tem um forte vínculo com suas atividades comerciais desde os primórdios até hoje. Primeiramente o município foi lugar de repouso para tropeiros, em seguida se formou uma feira de gado e uma grande feira geral (grande destaque no Nordeste). Posteriormente, o município deu um grande salto de desenvolvimento devido às atividades tropeiras e ao crescimento da cultura do algodão, quando Campina Grande chegou a ser a segunda maior produtora de algodão do mundo. Atualmente, o município tem grande destaque no setor de informática e desenvolvimento de softwares. Abaixo, seguem-se as etapas da urbanização do município de Campina Grande, passando pelos estados de "sítio", vila e município. Os estrangeiros deram forte contribuição ao desenvolvimento do Município, destacando-se os árabesalemães,italianos e dinamarqueses, que influenciaram a política durante 20 anos no século XX.

O município


Em 11 de outubro de 1864, de acordo com a Lei Provincial nº 137, Campina Grande se eleva à categoria do município. Neste momento, aParaíba tinha dezesseis vilas e mais seis cidades: Parahyba (atual João Pessoa), MamanguapeAreiaSousa e Pombal.
O município de Areia, que se tornou município já em 1846, havia se tornado a mais destacada da Paraíba, fora a capital, tanto econômica, social e politicamente. Além disso, Areia tinha grande influência cultural e intelectual. Embora Campina Grande não fosse tão bem edificada quanto Areia, não era menor que ela. Na época, o município de Campina Grande tinha três largos, quatro ruas e cerca de trezentas casas. Possuía, ainda, duas igrejas: a da Matriz (hoje a Catedral) e a Igreja Nossa Senhora do Rosário, que veio a ser destruída mais tarde pelo prefeito Vergniaud Wanderley (hoje existe outra igreja com o mesmo nome). Possuía também uma cadeia e uma Câmara Municipal, entre outras construções.
Apesar de todo o desenvolvimento comercial que a cidade obteve, o aspecto urbano da mesma não mudava praticamente nada. Em alguns anos, apenas os prédios da Cadeia Nova, da Casa de Caridade, do Grêmio de Instrução e o Paço Municipal foram construídos. Porém,se tratando de casas, muitas foram construídas fazendo com que, no fim do século XIX, Campina Grande tivesse cerca de 500 casas.
No ano de 1864 foi construído um prédio onde se faria o mercado. Este lugar teve vários nomes, dentre os quais "Largo do Comércio Novo", "Praça da Uruguaiana", "Praça das Gameleiras", "Praça da Independência" e, por fim, "Praça Epitácio Pessoa". Em 1870 uma lei (Lei Provincial nº 381) proibia que se fizessem banhos ou lavagem de roupas e de animais no Açude Novo, assim como ficou proibido vaquejadas nas ruas da cidade. Em 1872, conforme o Decreto Imperial do dia 18 de setembro de 1865, faz padrão o sistema métrico decimal francês em Campina Grande.

Turismo e lazer

Herdeira da cultura nordestina, Campina Grande luta por manter vivo o rico patrimônio representado pelas manifestações culturais e populares dessa região. A quadrilha junina, o pastoril, as danças folclóricas, o artesanato, etc., são alguns exemplos de manifestações da cultura popular que ainda encontram lugar na cidade.
Historicamente, Campina Grande teve, e continua tendo, papel destacado como polo disseminador da arte dos mais destacados artistas arraigados na cultura popular nordestina, a exemplo dos "cantadores de viola", "emboladores de coco", poetas populares em geral. Especialmente na música, é inegável a importância desta cidade na divulgação de artistas do quilate de Luiz Gonzaga, Rosil Cavalcante,Jackson do Pandeiro, Zé Calixto, dentre muitos, e até pelo surgimento de outros tantos como Marinês, Elba Ramalho, etc
Eventos como "O Maior São João do Mundo", Festival de Violeiros, "Canta Nordeste", as vaquejadas que se realizam na cidade, além de programações específicas das emissoras de rádio campinenses, contribuem fortemente para a preservação da cultura regional
Município de Campina Grande
"Rainha da Borborema"
"Campina"
"Liverpool brasileira"
"Capital do Trabalho"
"Cidade Universitária"
"Tech City"
"Capital do Interior do Nordeste""
Bandeira de Campina Grande
Brasão de Campina Grande
BandeiraBrasão
Hino
Aniversário11 de outubro
Fundação1864 (146–147 anos)
Gentílicocampinense
LemaSolum Inter Plurima
Prefeito(a)Veneziano Vital do Rêgo (PMDB)
(20092012)
Localização
Localização de Campina Grande


Localização na Paraíba
Campina Grande está localizado na Brasil
Localização no Brasil
7° 13' 50" S 35° 52' 52" O
Unidade federativa Paraíba
MesorregiãoAgreste Paraibano IBGE/2008 [1]
MicrorregiãoCampina Grande IBGE/2008 [1]
Região metropolitanaCampina Grande
Municípios limítrofesNorte: Lagoa SecaMassaranduba,Pocinhos e Puxinanã
Sul: BoqueirãoCaturitéFagundesQueimadas
Leste: Riachão do Bacamarte
Oeste: Boa Vista.
Distância até a capital112 km[2]
Características geográficas
Área620,628 km² [3]
População385 276 hab. (PB: 2º) –  IBGE/2010[4]
Densidade620,78 hab./km²
Altitude560 m
Climatropical de altitude Cwa
Fuso horárioUTC−3
Indicadores
IDH0,721 (PB: 3º) – médio PNUD/2000 [5]
PIBR$ 3 457 877,604 mil (BR: 128º) – IBGE/2008[6]
PIB per capitaR$ 9 065,75 IBGE/2008[

Um comentário:

  1. Caro J. Herculano,

    Continuas bombando com suas belas publicações. Excelente trabalho e diversão a bessa. Parabéns.

    ResponderExcluir